Dinâmica masculino feminino

Esta página foi editada pela última vez às 13h54min de 30 de abril de 2017. Este texto é disponibilizado nos termos da licença Atribuição-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada (CC BY-SA 3.0) da Creative Commons; pode estar sujeito a condições adicionais.Para mais detalhes, consulte as condições de utilização.; Política de privacidade Dinâmica Masculino x Feminino - Free download as Word Doc (.doc / .docx), PDF File (.pdf), Text File (.txt) or read online for free. A dinâmica é diferente. No feminino devido aos ataques não serem tão potentes, salvo os casos nas épocas de Isabel, Ana Mozer e Mireia Luiz (Peru), as defesas (rally) hoje são mais freqüentes, levantando o público nas arquibancadas dos ginásios. Desenrolar: O facilitador divide os participantes em dois grupos: masculino e feminino, estabelecendo locais/ambientes diferentes para cada grupo (preferencialme (...) Dinâmicas de Grupo OnLine Uma dinâmica para cada finalidade >dinÂmica volta Às aulas - dado >etiquetas para materiais sala de aula >jogo das emoÇÕes >jogo das maÇÃs-numerais >jogo educativo peixinhos no aquÁrio >jogo educativo som inicial alfabeto >livro do alfabeto >moldes de letras flores >painel aniversariantes >plaquinhas bem-vindos colorir >projeto identidade ed. infantil quem sou eu? Masculino vs feminino Todos nós sabemos que pelos faciais, um corpo musculoso e a diferença na qualidade da voz feminina são características masculinas, enquanto um corpo curvilíneo e mais cheio, uma silhueta esguia e delicada e a capacidade de dar à luz bebês são características femininas. 1. Dividir os participantes em dois grupos: masculino x feminino (estabelecer locais/ambientes diferentes para cada grupo). 2. 'Vamos realizar um momento bem dinâmico, onde teremos oportunidade de questionar algumas de nossas maneiras de ser, enquanto homens e enquanto mulheres'. 3. Vivemos há alguns séculos em um mundo em que “feminino e masculino são uma polaridade desequilibrada. Direitos iguais para os homens nunca foram inspiração para uma marcha de protesto ou greve de fome. Em nenhum país do mundo os homens são considerados legalmente incapazes, como ocorreu com mulheres de várias nações europeias até o século… O preço feminino do prazer masculino. ... “Grace”, a mulher de 23 anos, não era empregada de Ansari, o que significa que não havia nenhuma dinâmica de local de trabalho. Suas objeções ... Limite Superior MASCULINO FEMININO 9,916666667 2 4 19,91666667 5 5 29,91666667 5 4 39,91666667 9 5 49,91666667 9 9 59,91666667 4 8 69,91666667 4 3 79,91666667 3 4

ANÚNCIO IMPORTANTE - Próxima Grande Atualização !!

2019.06.17 18:15 JesseAmaro77 ANÚNCIO IMPORTANTE - Próxima Grande Atualização !!

ANÚNCIO IMPORTANTE - Próxima Grande Atualização !!
____________________________________________________________________________
Postado em 17 DE JUNHO de 2019 por WONDERWE1SS
Tradução: ✪ G.H.O.S.T ✪ #4225 - Jessé Amaro da Costa
Post Original: https://steamcommunity.com/games/513710/announcements/detail/1609388832803295384
Grupo SCUM BRASIL OFICIAL - facebook.com/groups/scumbrasil
Discord: https://discord.gg/NpbdQne
____________________________________________________________________________

https://preview.redd.it/6n2airvtyx431.png?width=764&format=png&auto=webp&s=918fcd77b23fc31d9cce47ff87041783b3ddf3d7


Saudações, ativos humanos. Não se assustem. Minha designação é “Dispositivo Neural de Entidade Energética Dupla” ou DEENA. Eu sou uma inteligência artificial criada pela corporação TEC1 encarregada de supervisionar os protocolos do SCUM. Em preparação para a próxima Atualização, versão 0.2.39.14578 a corporação TEC1 me designou para notificar todos os Ativos Humanos sobre os novos recursos.
Aqui está o que você pode esperar com a nova atualização do sistema:

https://preview.redd.it/tad57s6nux431.png?width=5251&format=png&auto=webp&s=170fb33d5c07d7b7af091d82792e2599f1a9f4ec
Ao analisar os canais oficiais de comunicação da ilha SCUM, observei um aumento na demanda por estruturas geradas por ativos humanos complexos. Isso foi observado pela corporação TEC1 e decidiu ser implementado na atualização mais recente.
Todos os Ativos Humanos participantes poderão construir suas próprias estruturas para preservar a si mesmos e seus recursos dos invasores estrangeiros. Foi decidido pelos showrunners que as estruturas serão pré-geradas e certas zonas estarão fora dos limites para a construção.

----------------------------------
Resumo: O próximo update trará a construção de bases livres ao jogo. Contudo, NÃO será permitido construir em locais como cidades, bunkers ou pontos de loot (fábrica, aeroporto, base naval, etc). O sistema de fortificações continuará no jogo também. Você ainda vai poder comprar e fortificar uma casa como é feito hoje, se vc assim quiser.
----------------------------------
Esta foto foi autorizada como uma prévia do que está por vir:
https://preview.redd.it/dclqwycrux431.png?width=1920&format=png&auto=webp&s=bcd8bc50e261bd37392c883afc16e7dd89effae5

https://preview.redd.it/dsiwdkcuux431.png?width=5251&format=png&auto=webp&s=33aee96cd2552f660c5a5dfa35209db19ac89aa8
No início do SCUM, apenas os Ativos Humanos Masculinos tinham permissão para se “voluntariar” como sujeitos do programa. A TEC1 tem o prazer de anunciar que uma licença para integração de Ativos Humanos Femininos foi concedida e que a importação desses ativos começará momentaneamente.

---------------------------
Resumo: A próxima atualização trará as personagens femininas!
---------------------------

https://preview.redd.it/n76fsh8tux431.png?width=1920&format=png&auto=webp&s=44b782ad267af8a67e08e458709a7cbf4ac84ecb

https://preview.redd.it/xlj7waovux431.png?width=5251&format=png&auto=webp&s=5f323020103079b7fad85fbf88ae3ace8632f1d6
Até agora, todos os Ativos Humanos eram obrigados a manter um padrão de higiene sem exceções. As estatísticas mostraram que um aumento de visualizações estará chegando se esse padrão for encerrado.
Então, uma decisão foi tomada e, a partir da próxima atualização, os Ativos Humanos terão permissão para gerar o máximo de seus cabelos que puderem.
https://preview.redd.it/eafzbm4yux431.png?width=1920&format=png&auto=webp&s=4886836902c0dd207a8d8915f48dabb77c7f9a32
https://preview.redd.it/smipnmmzux431.png?width=5251&format=png&auto=webp&s=ffc8d20cf76ae24747743e6bae5e0c823839a0de
Ao analisar os registros de transmissão da TEC1, descobri que, devido ao sistema de Inventário, havia uma interferência crescente e frequente na comunicação entre a transmissão ao vivo e os acontecimentos em tempo real. Isso foi relatado à equipe de engenharia e reformulado. As expectativas são uma diminuição na latência do usuário do servidor. Outros testes ao vivo produzirão resultados exatos:


---------------------------
Resumo: Um dos principais causadores do lag (baixo fps) são o itens em grande quantidades que ficam armazenados nos baús e até mesmo, os que estão no corpo de cada jogador enquanto esses estão jogando pelo mapa.

Diante disso, um novo e melhorado sistema de inventário foi criado. Tanto para o inventário do personagem, quanto para o inventário de itens armazenados em baús. Tudo isso deve trazer uma melhora na performance e um ganho de FPS ao jogo.
---------------------------

https://preview.redd.it/o5d59el1vx431.png?width=1920&format=png&auto=webp&s=55431960bec83b134c9436adb4da6077f97a8ac6
https://preview.redd.it/k0a40zu2vx431.png?width=5251&format=png&auto=webp&s=72e7dc4426efec7353060de233ba9778e43d834e
A partir da versão .14578 eu destravei a interface "Journal" para todos os sistemas de Ativos Humanos da BCU. Isso permitirá que os Ativos Humanos participem de várias Missões fornecidas pela corporação da TEC1, a fim de aumentar a atividade e a dinâmica do espetáculo. Para começar, eu desbloqueei os protocolos básicos de tutorial, com o objetivo de familiarizar os novos e antigos Recursos Humanos com a interface do Journal e a mecânica do SCUM.

https://preview.redd.it/a1pbbf35vx431.png?width=1920&format=png&auto=webp&s=c62e574e276860afffca9cb7e296a629a5233dd2
.

https://preview.redd.it/lkuowe37vx431.png?width=1500&format=png&auto=webp&s=1abc52404c370bea4f1146a7ebe034befdae0717

… sucesso>

Se eu fizer algo além disso, a possibilidade de ser detectada aumentará em 84,1%. Isso é considerado inaceitável.
Além disso, calculei que o novo influxo de Recursos Humanos poderia alarmar os protocolos de segurança da TEC1 de que algo está errado. Para isso, uma limpeza do servidor é necessária para equilibrar o fluxo de informações.



____________________________________________________________________________
Postado em 17 DE JUNHO de 2019 por WONDERWE1SS
Tradução: ✪ G.H.O.S.T ✪ #4225 - Jessé Amaro da Costa
Post Original: https://steamcommunity.com/games/513710/announcements/detail/1609388832803295384
Grupo SCUM BRASIL OFICIAL - facebook.com/groups/scumbrasil
Discord: https://discord.gg/NpbdQne
____________________________________________________________________________
submitted by JesseAmaro77 to scumbrasil [link] [comments]


2017.04.13 16:07 1984stardusta Alienação parental

O SILOGISMO SOFÍSTICO DO ABUSO SEXUAL TRAVESTIDO EM ALIENAÇÃO PARENTAL
 Silogismo, conceito filosófico, é um modelo aristotélico de raciocínio lógico baseado na ideia de dedução. Como todos sabem, ele é composto por duas premissas e uma conclusão deduzida. Muito usado no Direito, baseia a Jurisprudência, dando sustentação à ideia de igualdade de direitos para todos. No entanto, o silogismo pode levar a um erro. Outra figura filosófica, o Sofisma, pensamento que se utiliza do raciocínio lógico dos três elementos do silogismo para induzir ao erro, a uma falsa conclusão sem perder a lógica, com a intenção de enganar. 
O calo social, pai é pai, é outro sofisma que conduz a desastres psicológicos quando ignora a diferenciação entre titularidade, hoje muito diversificada e função. É a função que é rasgada quando de um abuso sexual contra um filho ou filha. No discurso psicojurídico esta diferença é negada. E ainda, o pedófilo é um psicopata. E como tal, tem uma enorme capacidade de convencimento, é exímio manipulador. É uma pessoa acima de qualquer suspeita posto que tem uma divisão em sua mente, e gerencia com muita habilidade esta cisão, diferente dos psicóticos que são regidos por ela. Sedutor por natureza, o psicopata está sempre atento a todos os detalhes, tendo plena consciência do crime que está cometendo, mas sem sentir nenhuma culpa.
Ao contrário do que parece, não é o prazer sexual que o move para praticar o abuso. É o prazer pela Síndrome do Pequeno Poder, da dominação absoluta do outro, do desafio da prática da transgressão secreta, do êxtase de enganar a todos.
Este perfil é mais um complicador que é evitado nas avaliações destas queixas. Em lugar de examinar o pai suspeito, é feita acareação, lembrando porões, para depois afirmar, pelo uso do olhômetro, que não houve abuso porque a criança sentou no colo do pai.
Mais uma vez temos um grave Silogismo Sofístico. Claro que a criança pequena continuará a sentar no colo do pai abusador, não se pode esquecer que as práticas de abuso excitam as crianças e lhes deixam uma mistura de sensação prazerosa única, e culpa. A criança ama e obedece ao abusadopai. Portanto este olhômetro é um sofisma que vem baseando o argumento de laudos periciais, todos não protocolares, recheados de achismos e silogismos sofísticos.
 A tão aludida Alienação Parental da mãe, isto é curioso porque hoje este conceito pertence ao gênero feminino apenas, tem sentenciado a totalidade dos processos de abuso sexual intrafamiliar. E tem cometido a aberração do afastamento do convívio da criança com sua mãe. 
A perda da guarda está banalizada, num tempo em que se funda a importância do convívio compartilhado com pai e mãe. O caso da menina Joanna Cardozo Marcenal Marins é emblemático. Atendendo ao pai que alegava Alienação Parental, foi tirada a guarda da mãe, ordenado seu afastamento absoluto por 90 dias, e a menina foi assassinada pelo pai e madrasta no primeiro mês do prazo deste despacho.
 A Alienação Parental não precisa ser muito provada. Alegações verbais, pequenas manobras de autoalienação, já apontada como ponto a ser verificado com cuidado por Maria Berenice Dias em seu livro “Incesto e Alienação Parental”, fazem o argumento que pode levar a este desfecho. Esta autora chama a atenção para o uso de falsa alegação de Alienação Parental como manobra para se tornar vítima através da Alienação Auto Infligida. Mas, da alegação de abuso sexual é exigida prova de materialidade, o que destituiria este crime de sua essência, o crime às escuras. Maria Clara Sottomayor, desembargadora em Portugal, autora de vários títulos sobre Direito da Criança, contesta o conceito de Alienação Parental, que, aliás, não tem base científica. Ela compreende o período que se sucede à separação do casal como um processo de luto que tem sua própria duração de tempo, e que se desfaz, naturalmente, à medida que os dois do casal refazem suas vidas afetivas. Ela também faz uma classificação das ocorrências de Alienação Parental. Os critérios diagnósticos da S.A.P. precisam distinguir a Alienação Adaptativa da Alienação Patológica, a Alienação Justificada da Não Justificada, para evitar ignorar as causas da Alienação. Por exemplo, a Alienação Parental Justificada, quando, sob o tempo da Justiça e todos os seus prazos e recursos, um pai é nefasto para a criança, por qualquer tipo de violência com ela praticada, é uma maneira encontrada pela mãe de alertar a criança para o uso da sedução que ele faz. Vale trazer aqui o criador do conceito: Richard Gardner. Prestando trabalho voluntário na Universidade de Columbia, defendia homens acusados de violência doméstica e abuso sexual contra filhos. .Forjou o conceito e com o seu uso ele, desacreditando a criança, inverteu as posições de vítima e algoz e passou a fazer sucesso, o que lhe rendeu ganhar o título de professor convidado. Gardner pensa como pedófilo e escreve: “as atividades sexuais entre adultos e crianças são parte do repertório natural da atividade sexual humana, uma prática positiva para a procriação, porque a pedofilia estimula sexualmente a criança, torna-a muito sexualizada e a faz ansiar experiências sexuais que redundarão num aumento da procriação”, em seu livro “True and False Accusations of Child Sex Abuse”, pp. 24-25. Palavras dele. Estas e muitas outras com este mesmo teor. E este conceito, forjado por alguém que assim pensa, está consagrado e é hegemônico e dogmático entre nós. 
Gardner, idolatrado entre nós, diante do apelo de ganhar os processos destes homens violentos e estupradores dos filhos, criou pelo descrédito na criança, a inversão de posições vítima e algoz, atribuindo esta última à criança de 03, 04, 05 anos.
Excluiu a criança, desqualificando sua voz. O foco passou então a estar no pai, que vitimizou, e na mãe que demonizou. 
Combinou esta manobra sofística, em que usa o mecanismo de defesa do ego da projeção, primário, com a “terapia da ameaça” a que a mãe é submetida para engessá-la e dissuadi-la de qualquer maneira da busca de proteção e dignidade de seu filho ou filha.
 A mãe é ameaçada. Ameaça de perda da guarda, ameaça de punição financeira, ameaça de afastamento total de convívio com a criança. É incrível como operadores de Justiça executam com tanta habilidade esta terapia da ameaça em tempos em que se luta por cidadania, sem se dar conta do comportamento 
que estão tendo. E pior, como estas ameaças tem se concretizado, sem nenhum cuidado as sequelas causadas, destruindo crianças e mães.
 A terapia da ameaça faz parte de sistema repressor de controle absoluto. Está embebida da matéria prima que rege o pedófilo, o medo, a intimidação, a dominação perversa. Para avaliar o discurso e o comportamento de uma criança que revela um abuso sexual intrafamiliar, o profissional há que se capacitar especificamente, e da maneira mais adequada e qualitativa, seguindo protocolo, métodos e técnicas, com rigores das Ciências Humanas. Ocorre que, além de ser muito mais difícil de suportar do que atribuir uma prática de Alienação Parental, a capacitação faz com que o profissional entre em contato com a pior das perversões. A pedofilia é uma compulsão, repetitiva sempre, da ordem dos comportamentos sub animais. O descrédito na fala da criança é patrocinado pele ausência de capacitação técnica dos profissionais que deveriam auxiliar com esclarecimentos e indícios os processos que buscam proteção para a criança. Quando não estamos capacitados a ver e ouvir, tudo pode ser falado ou mostrado, mas não conseguimos enxergar. Neste cenário, o “melhor caminho” para esta negação de fatos horrorosos é a Cegueira Deliberada, hoje endêmica, que entra no lugar da Responsabilidade Empática. Urge buscá-la para garantir o Direito à Dignidade da Criança. A Childhood Brasil desenvolveu um método baseado em estudos científicos, a “Escuta Especial”. O cuidado com o discurso da criança, a atenção com a disposição até dos móveis na sala, a escolha da sequência de perguntas, o respeito através da ausência de afronta e dúvida, o cuidado com o profissional que toma o depoimento da criança atingido pela escuta por esta barbárie, a entrada do MP na vida da criança, são elementos fundamentais para se cumprir o Princípio do Melhor Interesse da Criança, hoje tão esquecido e contrariado. O registro audiovisual e a parede de espelho unifacial são recursos de tecnologia a favor da não revitimização por repetição infindável de oitivas, deixando à mostra a expressão corporal da criança, e tornando a oitiva viva e 
observável por todos os Operadores do processo.
 Mas a resistência ao uso destes instrumentos favoráveis à criança é enorme. É uníssona a preferência dos profissionais pelo Poder da interpretação pessoal que ignora a metodologia e a técnica científicas, e o Protocolo, uma unificação de linguagem. Em 2014, a escuta de crianças e adolescentes em situação de violência sexual, lançava diretrizes para Consolidação de uma Política Pública do Estado Brasileiro, e teve como parceiros o Tribunal de Justiça de São Paulo, a Escola Paulista de 
Magistratura, a Escola Judicial dos Servidores S.P., o C. N. J., UNICEF, o National Children’s Advocacy Center, a Secretaria de Reforma do Judiciário, a Secretaria de Direitos Humanos, o Ministério da Justiça, e a Universidade Católica de Brasília
 Tive a honra de estar lá a convite da Childhood, e testemunhar este passo qualitativo na Proteção de Crianças e Adolescentes. E o mais importante: eram desembargadores, 
juízes, promotores, defensores, advogados, comprometidos com a criança. Comprometidos. Senti-me alimentada pela esperança.
Esta instituição, a Childhood, havia instalado uma unidade, já em funcionamento em Pernambuco, com a metodologia e a técnica da melhor qualidade, inclusive com o uso de Protocolo. Mas, pouco se sabe sobre isto, não interessa aos adeptos da Doutrina 
da Alienação Parental, e a implantação de um modelo que segue um Protocolo é pouco aceito. Haja vista a instalação de Salas de Depoimento Sem Dano em todas as Comarcas do Rio Grande do Sul, e que tem um uso em torno de 10%, por resistência à pequena grande mudança, informação falada em voz baixa.
No ano passado, 2015, mas só agora divulgado, a Comissão de Eutanásia da 
Holanda concedeu autorização deste procedimento a uma mulher de pouco mais de 20 anos, fato agora divulgado. Ela tinha sido estuprada dos 05 aos 15 anos. O pedido do procedimento foi concedido após ela ter se submetido à terapia intensiva, por anos, e ter sido avaliada por uma junta médica que atestou que ela estava em plena lucidez, no controle de suas faculdades mentais. Apenas, e tão somente, ela não estava suportando mais as doenças psicológicas destas memórias.
 Não nos cabe trazer à baila aqui a eutanásia, a junta médica, ou a desistência desta jovem. Como resultado do abuso, ela sofria de estresse pós-traumático, anorexia severa, depressão crônica e alucinações. Doenças diagnosticadas como incuráveis pela junta médica em três avaliações. A dor diuturna profunda e silenciosa que desenhava seu sofrimento na deformação do corpo pela anorexia, que sentia a tristeza do holocausto subjetivo, e que alucinava retornando à cena da opressão dos abusos, foi insuportável durante toda a sua curta vida. Exatamente o que temos afirmado há anos pela experiência clínica com inúmeros sobreviventes do incesto e do abuso intrafamiliar. A dor psicológica, pela primeira vez, foi dimensionada respeitando-se os limites humanos, e foi reconhecida pelos médicos como tão insuportável quanto uma dor neoplásica de um paciente terminal que fundamenta as autorizações deste procedimento nos países em que a eutanásia é legalizada. O abuso sexual é uma tatuagem na alma de meninos e meninas. Algumas vezes, a 
violência, não pela força, mas pela crueldade ao tatuar, que o requinte da perversão adquire dimensões inimagináveis, causando uma infecção crônica nesta tatuagem que dói e sangra sem parar. Provável ter sido o caso desta sempre corajosa menina holandesa. Ursos não são estrelas!
submitted by 1984stardusta to brasil [link] [comments]


UMA AULA SOBRE AS ENERGIAS FEMININA E MASCULINA - YouTube Realmente de que huye el divino masculino. musiquinha dos substantivos masculinos e femininos - YouTube Barra estática (feminino) - YouTube Masculino e Feminino Homem vs Mulher Dinâmica Dr. Christian Beyer: Las dinámicas del Masculino y el Femenino Equilibrando o Masculino e o Feminino MASCULINO E FEMININO (Simples e fácil) [Prof. Alda] - YouTube

JOGO: BARALHO MASCULINO E FEMININO! - ESPAÇO EDUCAR

  1. UMA AULA SOBRE AS ENERGIAS FEMININA E MASCULINA - YouTube
  2. Realmente de que huye el divino masculino.
  3. musiquinha dos substantivos masculinos e femininos - YouTube
  4. Barra estática (feminino) - YouTube
  5. Masculino e Feminino
  6. Homem vs Mulher Dinâmica
  7. Dr. Christian Beyer: Las dinámicas del Masculino y el Femenino
  8. Equilibrando o Masculino e o Feminino
  9. MASCULINO E FEMININO (Simples e fácil) [Prof. Alda] - YouTube

Winter Coffee - Warm Jazz Music For Work & Study - Chill Out Music Relax Music 3,657 watching Live now CÍRCULO VICIOSO DEL MASCULINO Y EL FEMENINO QUE ESTÁN TRABAJANDO LAS LLAMAS GEMELAS Y ALMAS AFINES - Duration: 17:38. Annete Ruiz 2,986 views. 17:38. Atrévete, conexiones del alma. Barra estática (feminino) Academia Workout Sporting training Prof: Georthon Vídeo sobre a formação dos substantivos masculinos e femininos. Fonte: http://ajudandoosfilhosnaescola.blogspot.com.br/2011/05/substantivo-genero-masculino-e... gramática cantada Participe da Semana de aulas gratuitas SOU MULHER. Acesse: http://soumulher.me -----... This video is unavailable. Watch Queue Queue. Watch Queue Queue sagrado masculino - equilibrar energia masculina - forÇa e coragem 417/639/852 - duration: 1:11:12. Clube de Meditação para Pensamentos Poderosos 32,621 views 1:11:12 Vídeo para ajudar os mais pequenos a distinguir palavras masculinas e femininas. Torna-te num pequeno Génio ️